• Oftalmologista em Curitiba - Especialista em Cirurgia de Retina e Catarata

Cirurgia de Retina

Tratamentos avançados

Cirurgia de Catarata

Melhor visão na melhor idade

Oftalmologista em Curitiba

Tratamentos avançados
Agende: (41) 9 9946-4262

Injeção intravítrea para tratamento da DMRI em Curitiba

degeneração macular relacionada a idade em curitiba

A DEGENERAÇÃO MACULAR RELACIONADA A IDADE (DMRI) é uma doença que atinge pessoas com mais de 60 anos, e pode prejudicar seriamente a capacidade visual dos pacientes.

A DMRI é caracterizada pelo excessivo acumulo de DRUSAS (agrupamento irregular composto por substancias do próprio organismo) na região da MÁCULA, uma área muito importante da retina, responsável pela nossa visão central e percepção de detalhes.

Existem dois tipos de DMRI: a seca e a exsudativa (úmida). A primeira é a mais comum a atinge 90% dos pacientes, sua progressão é lenta e resulta em perda da visão central, porém quando diagnosticada nos estágios iniciais alguns tratamentos clínicos podem retardar seu avanço.

DMRI - Degeneração Macular Relacionada a Idade
DMRI – Degeneração Macular Relacionada a Idade

Já a DMRI do tipo úmida (exsudativa) tem como característica a formação dos chamados NEOVASOS SANGUÍNEOS, pequenos vasos que se formam embaixo da camada da mácula, provocando edemas e hemorragias, é o caso mais grave da DMRI pois a perda da visão é mais rápida e se não tratada pode ser irreversível.

DMRI É UMA DOENÇA SILENCIOSA

Uma das dificuldades da degeneração macular relacionada a idade é que em seus estágios iniciais não apresenta sintomas, ou seja, o paciente não percebe que tem a doença. Quando os primeiros sinais aparecem a DMRI pode se encontrar em estágio avançado ou até mesmo representar um grande risco para a visão.

TRATAMENTO DA DMRI DO TIPO ÚMIDA (EXSUDATIVA)

O principal tratamento para a DMRI do tipo ÚMIDA é através da aplicação de medicamentos especiais dentro do olho, diretamente na retina, visando um melhor resultado no tratamento da DMRI, essas medicações são conhecidas como ANTIVEGEF, que interrompem o mecanismo de progressão da DMRI, impedindo o surgimento de novos vasos sanguíneos e assim estaciona o avanço da doença.

Muitos estudos indicam que alguns pacientes também conseguem a melhora da visão após a aplicação das INJEÇÕES INTRAVÍTREAS.

TRATAMENTO DA DMRI EM CURITIBA

Para maiores informações entre em contato com o Dr. Luis Arana.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

You may use these <abbr title="HyperText Markup Language">HTML</abbr> tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Pesquisar
Agende sua consulta