O que são moscas volantes?

Algumas vezes, você pode notar pequenos pontos ou pequenas manchas, que se movem em seu campo de visão. Estas pequenas nuvens em suspensão, se denominam popularmente de “moscas volantes” e tecnicamente: descolamento de vítreo posterior.

Basicamente pode-se notá-las melhor, quando você olha para uma parede plana e clara, para o céu ou qualquer outro ambiente de fundo claro.

As moscas volantes (floaters ou pontos flutuantes), são na realidade pequenos grupos de células situados no interior do vítreo (substância gelatinosa, que preenche cerca de um 1/3 do olho).

Ainda que você tenha a impressão de que as manchas estão à frente da visão, na verdade elas estão no interior do olho, e podem ser observadas como pontos, linhas, círculos, teia de aranha, entre outros.

Qual a causa das moscas volantes?

À medida que envelhecemos, é mais comum o surgimento de moscas volantes, devido principalmente às alterações sofridas pelo humor vítreo, que estão fortemente relacionadas com a  progressão da idade, o qual aos poucos apresenta separação da superfície interior do olho.

Esse processo de separação, resulta na contração do gel vítreo formando filamentos dentro do olho.

Em alguns casos, as moscas volantes podem surgir também em pacientes jovens que:

  • São míopes;
  • Realizaram cirurgia de catarata;
  • Sofreram algum tipo de traumatismo ocular;
  • Sofrem de inflamação ocular.

Caso perceba o aparecimento súbito de moscas volantes, associado à flashes luminosos, busque um oftalmologista para realizar o diagnóstico, pois o sintoma pode estar relacionado a outros problemas.

Tratamento para Moscas Volantes

Na maioria dos casos as moscas volantes, apresentam-se inofensivas e meramente incômodas. Muitas vezes, costumam desaparecer com o tempo, não havendo necessidade de tratamento.

Porém, toda alteração repentina que seja percebida em nossa visão, deve ser considerada como motivo para visitarmos um oftalmologista. Uma vez que a visão é um de nossos sentidos mais importantes e também o mais sensível e delicado.

No caso de grandes quantidades que dificultam a visão, trazendo grande desconforto, a remoção das opacidades vítreas pode ser realizada, através de procedimento cirúrgico, conhecido como vitrectomia via pars plana.

Quando existe descolamento vítreo, podem surgir lesões na retina, sendo de extrema importância um acompanhamento do oftalmologista, que saberá indicar o tratamento adequado, visando a aplicação de laser para bloquear as lesões.

Se houver a evolução da doença com descolamento de retina, é indicada a cirurgia para a correção e evitar maiores complicações.

Cirurgia de Retina e Catarata em Curitiba
Cirurgia de Retina e Catarata olho